Viagens em Grupo, Culturais e de Autor | Agência de Viagens Pinto Lopes - Lisboa e Porto, Portugal

Cracha-Vencedor-2015

VIAGEM EM QUE FOI TIRADA

Açores Completo, 17 a 28 de julho de 2017

AUTOR

Cláudio Gomes

PRÉMIO

“LAGOS ITALIANOS”

Oferta válida para 1 pessoa, em quarto duplo,  numa das datas à escolha no nosso catálogo 2018.

Não pode ser trocado por dinheiro. Pessoal e intransmissível. Sujeito a disponibilidade.

“Momento feliz que provavelmente durou um segundo mas que o fotógrafo imortalizou. Independentemente do tempo disponível que existiu para o autor preparar a imagem, a verdade é que o enquadramento, a qualidade da luz, a variedade cromática e mesmo a simetria da composição, valor esse da simetria que geralmente não goza de grandes favores entre o júri deste prémio, estão perto de uma perfeição clássica. Por fim, a imagem baralha de modo positivo a nossa percepção, pois celebra a viagem como ideia de exotismo e paisagem longínqua, mas afinal descobrimos estar bem perto de casa. ” –  Gonçalo Cadilhe

Cracha-Mencao-Honrosa-2015

VIAGEM EM QUE FOI TIRADA

Índia, Triângulo Dourado e Goa, 19 de fevereiro a 3 de março de 2017

AUTOR

Fernando Costa

PRÉMIO

“MÉRIDA, CÁCERES E OLIVENÇA”

Oferta válida para 1 pessoa, em quarto duplo,  numa das datas à escolha no nosso catálogo 2018.

Não pode ser trocado por dinheiro. Pessoal e intransmissível. Sujeito a disponibilidade.

“Imagem digna de qualquer antologia do olhar ocidental sobre a Índia, esta fotografia parece, aparentemente, um cliché sobre as cores, a luz e as gentes do sub-continente indiano; mas no entanto tem uma força, uma frescura, uma vitalidade que a tornam única, como se a Índica acabasse de ser retratada por um ocidental pela primeira vez.” –  Gonçalo Cadilhe

Cracha-Premio-Digital-2015

VIAGEM EM QUE FOI TIRADA

Oeste Americano, 19 a 31 de agosto de 2017

AUTOR

Filomena Micaelo

PRÉMIO

“POR TERRAS DO RIBADOURO, ENTRE O BESTANÇA E O DOURO”| 13 e 14 de outubro de 2018

Oferta válida para 1 pessoa, em quarto duplo.

Não pode ser trocado por dinheiro. Pessoal e intransmissível. Sujeito a disponibilidade.

“É uma das paisagens mais celebradas (e fotografadas) da América, reunindo uma série de mitos que o nosso imaginário associa à inquietude, à aventura, à contra-cultura ou, mais prosaicamente, à conquista do Oeste e ao genocídio da raça Pele-Vermelha. Mas nesta fotografia o Monument Valley consegue transmitir uma serenidade apaziguadora, fruto de uma feliz associação de sombras, cores e céu azul, como se o pedigree desta paisagem pudesse ser reinventado do zero.” – Gonçalo Cadilhe