Geiranger, Noruega: fiorde ou conto de fadas

Geiranger, Noruega: fiorde ou conto de fadas

É impossível não ficar impressionado, ou até emocionado, com esta surpreendente criação da Mãe Natureza. O Geirangerfjord, de um azul cristalino, é cercado por picos majestosos e cobertos de neve, cascatas selvagens e uma luxuriante vegetação, formando uma das paisagens mais belas e inesquecíveis da Noruega, com selo da UNESCO.

Quando se quer ilustrar a beleza de um fiorde norueguês, é o Geiranger que se elege. Ou não fosse ele considerado, muitas vezes, um dos lugares mais espetaculares do mundo.

O Geirangerfjord é uma das atrações naturais mais populares da Noruega. O fiorde tem 260 metros de profundidade e está rodeado por algumas das mais íngremes montanhas da costa oeste do país, com 1600-1700 metros de altura.

É igualmente conhecido pelas suas espetaculares quedas de água, das quais se destacam a De syv søstrene (“as sete irmãs”), a Friaren (“o pretendente”) e a Brudesløret (“o véu nupcial”), que preenchem os penhascos com véus transparentes que fazem o deleite dos visitantes. As duas primeiras estão frente a frente no fiorde, pelo que muitas vezes se diz, em tom de brincadeira, que “o pretendente” está a cortejar “as irmãs” do lado oposto.

A zona de Geiranger está certificada como Destino Sustentável, graças às ações de valor que têm vindo a ser implementadas, no local, para reduzir o impacto negativo do turismo. Com efeito, o município e a indústria de viagens cooperam de forma muito próxima para garantir que o destino é e continua a ser um ótimo lugar para visitar e… morar.

Uma coisa é certa: a aparência saudável dos habitantes de Geiranger não se deve apenas ao ar puro proporcionado pela envolvência natural. A gastronomia local baseia-se em ingredientes muito frescos e os sabores, esses, combinam de forma perfeita com a vista panorâmica dos seus muitos restaurantes.

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR DE...

Briksdal, Noruega: uma maravilha da Natureza

Briksdal, Noruega: um “must-have” para os colecionadores de maravilhas naturais da Europa

Madeira é (novamente) o melhor destino insular do mundo

Madeira é (novamente) o melhor destino insular do mundo

Sigiriya, o refúgio de um príncipe com sangue nas mãos?

Postojna: uma herança insubstituível com 70 milhões de anos